quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Infusão ou decocção? Qual a melhor maneira de preparar um chá?

A forma com que o chá é preparado vai garantir que todas as propriedades sejam conservadas e sua eficácia em relação ao tratamento aumente

Na hora de preparar um chá, decidir entre a infusão ou decocção vai interferir diretamente na eficácia da bebida. Por isso, é bom você sempre levar em consideração o ingrediente que está sendo utilizado, já que ele também pode indicar uma das formas que você deve utilizar. Além do mais, muita gente ainda carrega muitas dúvidas sobre o que vem a ser infusão e decocção.

Seguir todas as indicações da receita, além de procurar um médico para certificar que o chá realmente vai atuar naquele seu problema, é mais que necessário.

Não é porque o ingrediente em questão é natural que não há possibilidades de trazer complicações para a saúde. Nesse sentido, todo cuidado é necessário. A partir de agora, você vai poder conhecer um pouco mais sobre essas duas formas de preparar o chá.

Diferenciando decocção de infusão

Foto: depositphotos

Decocção

A decocção é conhecida como sendo o processo que envolve a fervura das partes usadas da planta junto com a água por alguns minutos. Aplica-se essa técnica aos chás que usam cascas, pedaços do caule ou raízes, já que estas são mais duras e precisam de um método mais rigoroso para extrair os compostos. Cada uma das plantas, entretanto, tem um modo de preparo específico que deve ser seguido.

Infusão
Já o processo de infusão é quando o preparo do chá é feito com a água fervente. Ou seja, primeiro ferve-se a água e em seguida coloca-se a planta em um recipiente e despeja o líquido fervido por cima dela. É necessário tampar e deixar a mistura descansar por alguns minutos. Depois disso, é aconselhado o uso de uma peneira para remover toda a erva restante.

Esse modo de preparo é bastante comum para chás que usam folhas, flores e frutos moídos.

Conclusão
Por tudo que foi apresentado até agora, a eficiência do chá na maneira com que é preparado vai depender do tipo de ingrediente que está sendo usado. Como foi claramente explicado anteriormente, para cascas, pedaços do caule ou raízes, a decocção é mais eficaz. Já para folhas, flores e frutos moídos, a infusão resolve.

Vale levar em consideração que essas duas formas de preparo garantem que todas as propriedades e benefícios do ingrediente utilizado não sejam perdidos.

por Robson Merieverton
Atenção: O Saúde Canal da Vida é um espaço de informação, divulgação e educação sobre assuntos relacionados a saúde, não utilize as informações como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde. Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário