terça-feira, 1 de maio de 2018

O que é Asma e quais os tipos? Conheça os sintomas e tratamentos

A asma é uma doença caracterizada pela inflamação crônica das vias aéreas, e com caráter hereditário (o que significa que comumente várias pessoas numa mesma família costumam apresentar o quadro de crise asmática). Essa inflamação é o estreitamento dos bronquíolos (são os canais de ar dos pulmões) que dificulta a passagem do ar provocando contrações também conhecidas como broncoespasmos.

Uma crise de asma tem como principal sintoma a dispneia (dificuldade para respirar), mas outros sintomas podem ocorrer tais como tosse seca, sibilos (o famoso chiado), coriza, sensação de opressão no peito, insônia (provocada pela interrupção do sono, como resultado da dispneia), cianose (coloração azulada da pele, causada pela baixa oxigenação no sangue), lacrimejamentos e outros.

Mas nem toda asma é igual, ela pode ter diversas intensidades e crises diferentes ao longo da vida.

Tipos De Asma

A asma ataca em crises de intensidade

O asmático autêntico é aquele que sofre crises asmáticas ao longo de toda a vida. Porém, a asma pode acometer as pessoas em diferentes fases e idades da vida sem que ela continue, necessariamente, em outros períodos.

Existem pessoas que têm crises asmáticas somente na infância; em mulheres as crises podem cessar com a chegada da puberdade, devido à produção de hormônios que se intensifica bastante na juventude e, por fim, retornar durante a menopausa. Outras pessoas podem nunca ter tido crises na infância e só vir apresentar os primeiros sinais já na vida adulta. Em todos os casos, é importante não confundir os sintomas e manter acompanhamento médico.

Além disso, a doença se apresenta em 4 tipos distintos, classificados com relação à frequência e gravidade dos sintomas das crises. Quanto mais frequente, pior é a doença e mais difícil conviver com a asma. São eles:

Grau 1: sintomas leves e intermitentes até 2 dias por semana;
Grau 2: sintomas leves e persistentes mais de 2 vezes na semana, mas não mais de uma vez no mesmo dia;
Grau 3: sintomas moderados e persistentes, todos os dias, com episódios limitados a uma vez ao dia;
Grau 4: sintomas graves e persistentes, com frequência contínua e crises todos os dias, mais de uma vez ao dia.

Como prevenir crises asmáticas
Os fatores que desencadeiam uma crise asmática variam de pessoa para pessoa, mas em geral são coisas muito comuns e de conhecimento de todos: mudanças abruptas de temperatura (costumam piorar no frio) e a presença no ambiente de poeira, pelo de animais como cães e gatos, bolor (mofo), perfumes ou cheiros fortes como de tinta, cloro ou verniz.

O estresse e infecções no trato respiratório superior, como gripes, tendem a agravar situações de crise asmática ou desencadear novas crises.

Dicas importantes
Nunca fume, pois além de ser um péssimo hábito para a saúde de qualquer pessoa, a fumaça pode provocar crises de asma;
Mantenha a calma durante a crise asmática, pois o pânico só fará com que se agrave e que ele dure mais tempo;
A casa do asmático deve estar sempre limpa, sem poeira, mofo e livre de cheiros fortes como desinfetantes e perfumes.

Atenção: O Saúde Canal da Vida é um espaço de informação, divulgação e educação sobre assuntos relacionados a saúde, não utilize as informações como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde. Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário